domingo, 11 de agosto de 2019

Ensaio Pai e Filho Bombeiros | Em comemoração ao dia dos Pais 2019



O Major Achetta ingressou na corporação em 1984. 29 anos depois, seu filho seguiu seu exemplo e se tornou militar do CBMDF. “Meu pai sempre foi uma grande inspiração e um grande exemplo: polido, dedicado e operacional. Nunca o escutei reclamar do serviço ou das missões que tinha de cumprir. Sempre amou a corporação.
Até hoje sento-me curioso para ouvir as histórias sobre as ocorrências e sobre os vários cursos que fez durante a carreira.
Desde pequeno lembro-me de querer ser como ele: ser bombeiro militar, ajudar as pessoas sem precisar saber quem são, dedicar minha vida por outras vidas. Representar bem a corporação e honrar a farda que vestimos como se fosse nossa própria pele, nossa armadura.
Já bombeiro, me ensinou a passar as fardas, estar com boa apresentação individual, cuidar dos equipamentos, confeccionar nós, ser disciplinado e abnegado. Me ensinou a valorizar os mais antigos, aqueles que trouxeram a corporação ao nível de excelência que está hoje. Por fim, me ensinou que estamos na melhor profissão do mundo e que devemos valorizar a bênção que é ser Bombeiro Militar.
Herdei seu nome de guerra e até o tipo sanguíneo, tão importantes na nossa vida na caserna. Hoje sigo a carreira que ele tanto cultivou, com a grande responsabilidade de manter o padrão. Serei sempre grato a Deus pelo pai que tenho e grato ao meu pai por tudo que fez e faz até hoje”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário